3
set
2012
0

Mais recomeço!

Que ano!
Em Abril eu já acreditava que o ano não poderia ser mais cheio de novidades e descobertas. E começando Setembro?! Tenho certeza que esse foi o ano mais movimentado e cheio de perspectivas de toda a minha vida!
Já me reinventei, mudei, recomecei, apaguei, descobri… 
Fiz 30! Fiz muito SCRAP! Fui ignorada e fui muito amada! 
Tanta coisa…
E todos os sinais e a direção do vento sinalizam que vem mais coisas por aí!
E tem tanta coisa pra contar e pra mostrar e pra mudar que agora é compromisso; venho aqui todos os dias!
E vamos começar assim…
.
Pedi ao tempo para ele me esperar, mas ele disse “não”. 
O tempo não volta, nem pode parar, mas me dá a chance de recomeçar.
Então…
“Tempo que causa as ondas do mar, as nuvens no ar, sem nunca cessar.
 Tempo que forma as cores do céu, marcando o encontro das estações.
 Tempo que conta as histórias de Amor que não se perdeu no tempo que passou…
 E que hoje ainda me ajuda a enxergar, a cada momento que viver é amar.
O tempo não volta, nem pode parar, mas me dá a chance de recomeçar.
O tempo é tempo, não pode curar, mas é no tempo que Escolhes me encontrar.
Esquecendo o tempo que passou, segurando Tua mão, Senhor, eu vou, recomeçar.

Mestre da vida que ensina a viver e a cada manhã renasce em meu ser…
Que a tempo e a hora eu fale do Amor, palavras eternas por onde eu for.

O tempo não volta, nem pode parar, mas agora é tempo de recomeçar.
O tempo é tempo, não pode curar, mas é no tempo que Escolhes me encontrar.
Esquecendo o tempo que passou, segurando Tua mão, Senhor, eu vou, recomeçar”.

E… O tempo não volta, nem pode parar, mas me dá a chance de recomeçar! Amo recomeçar!
Finais felizes são muito bons, mas gosto mais dos começos esperançosos e cheios de expectativas.
E assim vamos começando mais coisas por aqui e por ali…
Melhor que gostar do trabalho, é trabalhar com o que gostamos! Alguém discorda?! 
E trabalhar com o que era sonho e está prestes a se tornar realidade? É muito amor!
Quando toda essa história de SCRAP começou não pensei que seria mais que um passatempo, algo gostoso para ocupar a mente e as mãos. E quem diria?! Em 2013 fotografia, papéis e fofurices passarão a fazer parte das minhas 8h diárias de trabalho. Portanto, acabou a brincadeira por aqui! Trabalho é coisa séria!
 =]
Esse sonho será sonhado por muitas pessoas, uns colocando a mão na massa, outros incentivando, outros organizando as ideias e os recursos e todos juntos vamos nos divertir e viver a alternativa de trabalhar com algo prazeroso e que tem nos proporcionado a alegria de conhecer muitas boas pessoas, inclusive por aqui.
Com  a realização desse novo projeto, além de vir por aqui, estarei dando o ar da graça lá no ateliêfotoarte, então espero todas e todos por lá e por aqui. Inclusive, preciso aparecer por lá para dizer “oi”. Quem vem?
Me despeço daqui com o desejo dessa fase…
Bem vagaroso…
“Eu quero o mapa das nuvens e um barco bem vagaroso”. Mário Quintana
O mapa das nuvens pra voar longe e o barco vagaroso pra aproveitar o percurso, que tem sido cheio de desafios e problemas para serem resolvidos, mas tem sido D-E-L-I-C-I-O-S-O!

Papai do céu, obrigada, são planos lindos e sonhos maravilhosos!

Quem quer cantarolar, dá o play, aprende o que fazer com o tempo e corre pra !

=]
Vamos lá?!
Volto logo!
16
jul
2012
0

A boca fala do que está cheio o coração!

Certa manhã, um pai, muito sábio, convidou a sua filha para dar um passeio pelo campo e ela aceitou com muito prazer.
Penélope e papai.
Eles caminharam pelo lugar e o pai se deteve numa clareira e depois de um pequeno silêncio pergunto à filha:
- Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa?
A filha apurou os ouvidos por alguns segundos e respondeu:
- Estou ouvindo um barulho de carroça.
- Isso mesmo! – Disse o pai. – É uma carroça vazia.
A filha, intrigada, perguntou ao pai:
- Como o senhor pode saber que a carroça está vazia se ainda não a vimos?
- Ora… – Respondeu o pai. – É muito fácil saber que uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que faz.
Tornei-me adulta, quase 30, e até hoje quando vejo uma pessoa falando demais, gritando (no sentindo de intimidar), tratando o próximo com grossura inoportuna, prepotente, interrompendo a conversa de todo mundo e querendo demonstrar que é a dona da razão e da verdade absoluta, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo: “Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz…”


“O homem bom tira coisas boas do bom tesouro que está em seu coração, e o homem mau tira coisas más do mal que está em seu coração, porque a sua boca fala do que está cheio o coração”. Lucas, 6.45
=]
Voltei!
5
jun
2012
0

Descoberta!

Vou voltando, aos pouquinhos…

Hoje vim só pra deixar uma imagem que catei no Facebook, me fez chorar e me deixou muito feliz!

=]

É isso!

Os devidos créditos estão na própria imagem.

Linda!

Tocante!

Verdadeira!

Sou eu! Não sou daqui! E sou filha do maior Rei de todos!

Bom dia! Bom dia pra quem morre de saudade de vir aqui todos os dias!

Volto logo!

23
mai
2012
0

Tempo de mudar!

Voltei!
Talvez seja pra todo dia ou não!
Vim com mais um texto da série “amigas especiais que sempre pensam em mim”.

Sempre Ele!


Passamos por várias estações na vida, algumas boas, outras nem tanto. Mas elas sempre estão presentes, nos mudando.
Mudar nunca foi confortável. Gostamos de saber fazer as coisas, gostamos da estabilidade, gostamos de estar seguros com a nossa família, amigos, emprego e na igreja.
As mudanças nos “obrigam” a aprender outras coisas, a fazer diferente. Elas nos “obrigam” a crescer.

E tem coisa mais dolorida que crescer?
Quando uma estação nova chega, nós precisamos mudar, porque são coisas novas, é um tempo novo. E o mais interessante disso é que Deus é quem muda o tempo e as estações. Ele é quem nos conduz para um novo tempo, quem nos leva à uma nova fase.
Podemos até nos sentir desconfortáveis no começo, porque agora não saberemos mais como fazer, vamos ter que empenhar esforço para aprender, agora vamos ter que mudar para nos adequar às novas situações e pessoas.
Quando entregamos a nossa vida ao Senhor e dizemos que Ele tem o controle delas, estamos dando liberdade e legalidade para Ele mudar o que for preciso.
E Ele também sabe que, como filhos, devemos buscar Nele as direções e a sabedoria para o que precisa ser mudado e como fazer essas mudanças. As mudanças nos aproximam da vontade de Deus, as mudanças fazem com que dependamos mais Dele.
Quando Deus promove mudanças é porque Ele acredita que nós temos potencial para fazer melhor! Ele quer nos moldar em outras áreas, quer nos fazer avançar no Reino.
Não tenha medo de mudar, não tenha medo das mudanças. A gente pode não saber como vai ser, nem como fazer, mas se é o Senhor que está nos conduzindo à essa nova estação, então vamos!
Ele sabe qual o melhor lugar para nós estarmos!
E como saber se essa nova fase é o Senhor quem está proporcionando?!  Comunhão com Deus é a resposta.
Não tenha medo de avançar! Não tenha medo de crescer! Não tenha medo de mudar! Não pare o agir de Deus na sua vida apenas porque você está confortável em um lugar, porque já sabe fazer e faz bem tudo que precisa ser feito ou porque tem um bom relacionamento com as pessoas que lhe rodeiam.
Nós só estaremos no centro da vontade de Deus quando deixarmos que Ele nos conduza, quando nos deixamos ser moldados, permitindo que novas estações nos aproximem ainda mais dos planos de Deus para nossas vidas.

Outras portas estão se abrindo? Encontro com pessoas diferentes? Novas direções? Novos alvos? Mudanças no seu caráter? Então, Deus está lhe dando uma ótima oportunidade de crescer. Não tenha medo! Avance!
Obrigada, Senhor! Tem um pouco de tudo isso nessa minha nova estação! =]
Avance sem olhar para as suas limitações.
Avance apesar das dificuldades que surgirem.
Avence mesmo quando ninguém acreditar em você.
Avance sem se importar com o que as pessoas vão falar.
Avance mesmo com os seus defeitos.
Só nós mesmos podemos decidir parar de avançar.
Decida voltar a crescer! Entregue a Deus a direção da sua vida e aprenda com cada nova estação que vier, mudando o que for preciso para ficar mais pertinho dos planos de Deus.
Deus é quem está proporcionando essa nova estação em sua vida.

Sempre Ele!
Há algum tempo eu confio Nele e em todas as direções que recebo Dele.
Chego a me pegar pensando se estou sendo irresponsável, porque não me preocupo com nada, confio plenamente que Ele direciona tudo em minha vida.
E, embora esteja sendo difícil me habituar com tantas mudanças, estou amando todas! 
E dessa vez Ele colocou alguém muito especial na minha nova estação. Foi ela que me enviou o texto e queria apresentá-la por aqui, pois já, já ela estará desfilando com os projetos de SCRAP dela por aqui!
Para sempre, até quando Ele permitir!
Simoni! Obrigada por ter aparecido, amiga! 
Amei o texto!
Super combina!
=]
Volto!
18
abr
2012
0

Me REinventar!

Voltei!
Estou em crise!

Minha cara de crise!

Não sei que crise é essa, estou tentando descobrir dia após dia, mas não consegui ainda.

Morro de vontade de vir escrever e compartilhar meus pensamentos, mas não consigo!

Não sei se é o fato de chegar aos 30, mas descobri que quero ser diferente a cada dia!
E não tem sido fácil entender esse processo sem fim que está acontecendo dentro de mim e mais difícil ainda tem sido explicar isso ao mundo, ao meu mundo.
Aí… Acredito que as amigas de mais perto ficam tentando dar explicações convincentes à elas mesmas do porquê me suportar e me mandam textos como o de logo abaixo. 

O cérebro mede o tempo por meio da observação dos movimentos.
Se ficarmos dentro de uma sala branca, vazia, sem nenhuma mobília, sem portas ou janelas ou sem relógio começaremos a perder a noção do tempo.
Por alguns dias nossa mente detectará a passagem do tempo através das reações internas do nosso corpo, incluindo os batimentos cardíacos, ciclos de sono, fome, sede e pressão sanguínea. Isso acontece, porque a nossa noção de passagem do tempo deriva do movimento dos objetos, pessoas, sinais naturais e da repetição de eventos cíclicos.
Compreendido este ponto há outras coisas que devemos considerar: 1. Nosso cérebro é extremamente otimizado; 2. Ele evita fazer duas vezes o mesmo trabalho; 3. Um adulto tem em média de 40 a 60 mil pensamentos por dia!
Uau! Qualquer um de nós ficaria louco se o cérebro tivesse que processar conscientemente tal quantidade de pensamentos e informações, por isso, a maior parte desses pensamentos, os já vividos, é automatizada e não aparece no índice de eventos do dia, mas quando vivemos uma experiência pela primeira vez, ele – o cérebro – dedica muitos recursos para compreender o que está acontecendo.
E quando novidades acontecem é o momento que nos sentimos mais vivos!
Conforme a mesma experiência vai se repetindo o cérebro vai colocando suas reações no “modo automático” e “apagando as experiências duplicadas”.
Se pudermos entender estes pontos, poderemos compreender porque parece que o tempo acelera quando ficamos mais velhos e porque os Natais chegam cada vez mais rapidamente.
Quando começamos a dirigir, por exemplo, tudo parece muito complicado, nossa atenção é requisitada e fica voltada ao máximo para o exercício de dirigir o automóvel. Então, de repente, dirigimos, trocamos de marcha, olhamos os semáforos, lemos as placas, conversamos enquanto o fazemos e até falamos ao celular enquanto dirigimos!
Como acontece?
O cérebro já sabe o que está escrito nas placas, já não lemos com os olhos, mas com a imagem anterior, gravada na mente. O cérebro já sabe qual marcha trocar, então ele simplesmente pega as nossas experiências passadas e usa, ao invés de repetir realmente a experiência. Ou seja, não vivenciamos aquela experiência, pelo menos para a mente, aqueles segundos de troca de marcha e leitura de placa são apagados de nossa noção de passagem do tempo.
Quando começamos a repetir algo exatamente igual a mente apaga a experiência repetida.
Conforme envelhecemos as coisas começam a se repetir – as mesmas ruas, as mesmas pessoas, os mesmos problemas, os mesmos desafios, os mesmos programas de TV, as mesmas reclamações – as experiências novas, aquelas que fazem a mente parar e pensar de verdade, fazendo com que seu dia pareça ter sido longo e cheio de novidades, vão diminuindo. Até que tanta coisa passa a se repetir que fica difícil dizer o que tivemos de novidade na semana, no ano, ou, para algumas pessoas, na década!
Em outras palavras, o que faz o tempo parecer que acelera é a rotina.
A rotina é essencial para a vida e otimiza muita coisa, mas a maioria das pessoas ama tanto a rotina que, ao longo da vida, seu diário acaba sendo um livro de um só capítulo, repetido, ano após ano.
Felizmente há um antídoto para a aceleração do tempo – M&M!




Isso? 



Não! Risos… M&M – Mudar e Marcar!
Mudar fazendo coisas diferentes, simples ou complexas, e marcar fazendo registros, comemorações, festas, fotografando, escrevendo!
Mudar aprendendo uma nova língua ou mudar aprendendo a tocar um novo instrumento!
Mudar de paisagem, tirar férias com a família, viajar ou acampar no quintal, jantar na garagem e registrar tudo, com fotos, cartões postais, escrevendo cartas ou escrevendo no blog!
Ter filhos ou animais de estimação, eles destroem a rotina e isso é ótimo!
Comemorar o próprio aniversário, com festa e muito brigadeiro, fazendo marcas diferentes a cada novo ano, a cada nova idade!
Usar e abusar das comemorações para transformar momentos usuais em momentos diferentes.
Comemorar o noivado, o casamento, 15 anos, bodas disso ou daquilo, bota-foras, aniversário de formatura da turma, chá de bebê, chá de panela ou chá da tarde com uma pessoa querida.
Visitar parentes distantes, entrar na universidade com 30, 40 ou 60 anos, cortar o cabelo, deixar o cabelo crescer, deixar a barba, tirar a barba, comprar enfeites diferentes para a decoração da casa, colher flores no canteiro da cidade para enfeitar a mesa do jantar, ir a shows, cozinhar uma receita nova, tirada de  um livro novo.
Usar roupas diferentes, não pintar a casa da mesma cor, fazer diferente!
Encher de beijos diferentes o meu esposo e viver com ele os momentos diários, mas buscando sensações diferentes, frios na barriga diferentes.
Ir a mercados diferentes, ler livros diferentes, assistir filmes diferentes, buscar experiências diferentes!
Ser diferente!
Quando tiver dinheiro, especialmente se não precisar mais trabalhar – sonho – mudar com o marido, com a esposa, com a família, com os amigos para outras cidades ou países, ver outras culturas, visitar museus estranhos, degustar pratos esquisitos, em outras palavras, VIVER!
Porque se conseguirmos viver intensamente, acrescentando diferenças ao nosso dia a dia, o tempo vai parecer mais longo.
E se você tiver o privilégio – eu tive – de se casar com alguém disposto a viver e buscar coisas diferentes, seu livro será muito mais longo, muito mais interessante e muito mais VIVO do que a maioria dos emocionantes contos de fadas e livros de aventuras que existem por aí.
Outro fator importante é cercar-se de amigos. Amigos com gostos diferentes, vindos de lugares diferentes e que gostem de coisas diferentes.
Enfim, acho que entendemos o recado!
Ir em busca de novas experiências para expandir o tempo com qualidade, emoção, memórias e vida!





É isso!

Tentei encontrar a autoria do texto, mas não consegui. Não sei se as questões científicas sobre o funcionamento do cérebro citadas nele são verídicas. Sei que acreditei em tudo! Tudinho! Porque é exatamente isso que tenho vivido.

Uma ânsia enorme em alongar meu tempo e uma sensação de que a cada dia ele está menor, mas tenho tentado viver tantas coisas diferentes que para mim o ano já pode acabar! Já vivi tanto até hoje que poderia preencher o ano só com esses quase quatro meses!

E juntando uma coisa e outra; voltei!

Amo fazer SCRAP e amo escrever e amo o fato de me perguntarem por quê eu não tenho postado no blog! É ótimo saber que não estou aqui sozinha e que algumas pessoas se interessam e se identificam com tudo por aqui!

E pra voltar a me movimentar vou fazer SCRAP guiada por duas lindas e Dan! Que inventaram um tal de Scrapcombo com um monte de coisas lindas pra gente copiar sem medo de fazer igual!

E o tema saiu de uma brincadeira do Scrap Playground com um texto lindo de Fernanda Mello, moça de quem virei fã logo depois de conhecer suas palavras.

Com que letra eu vou?
Se não deu certo, apague e recomece.
Esqueça o que ficou.
Esqueça a culpa.
A falta de plano.
Esqueça a dúvida.
O que foi quase engano.
Apague e recomece.
É sempre hora de mudar, de virar a página e se reinventar.
Mesmo que doa, aprender não é um processo à toa.

Lindo! Amei! Para mim cada frase deveria virar um SCRAP!

E o resultado do primeiro, que reflete exatamente quem eu sou nesse momento véspera dos 30…

Novo termo pra “eu me amo”!





É sempre hora de mudar, de virar a página e se (me) REinventar.

Pra viajar!

Riqueza nos detalhes graças às super teachers!


Amei o resultado!





Mais veículos para as viagens!





Washi tapes roubadas de um kit alheio!





Detalhes fofíssimos!





E o resultado final, sem nenhuma modéstia, me deixou totalmente feliz e apaixonada…

REinventar!

Quem achou lindo? Longo? Confuso? Bagunçado?

Senti que cheguei aqui e falei como a gente fala com amiga, conversa sem pé e nem cabeça, faltando o início e deixando sem fim!

“Hoje é dia de letra nova. De página em branco. De frio na barriga. Escrever pode ser doloroso. Pode ser reconfortante. Pode ser terapia. Mas não importa. Palavras me constroem. E me vestem. Mostrando o que – por hora – eu não quero mais esconder”. Fernanda Mello

Gostei!

Vou dormir feliz, feliz!

Volto com a realização de um sonho!

Volto logo!

8
abr
2012
0

Feliz Páscoa!

Recebi e quero compartilhar!
Feliz Páscoa!
Há dois mil anos atrás, um homem veio ao mundo e foi o maior exemplo de amor e verdade que a humanidade conheceria.
Sua proposta de vida não foi entendida por muitos e, então, condenaram este homem e crucificaram-no, ignorando todos os Seus propósitos de um mundo melhor.
Houve dor, angústia e escuridão.
Por três dias o sol se recusou a brilhar, a lua se negou a iluminar a Terra, até que no terceiro dia algo aconteceu.
Houve a ressurreição!
“O anjo disse às mulheres: Não tenham medo! Sei que vocês estão procurando Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui; RESSUSCITOU, como tinha dito. Venham ver o lugar onde Ele jazia. Vão depressa e digam aos discípulos Dele: Ele ressuscitou dentre os mortos e está indo adiante de vocês…” Mateus, 28.5-7a
Aleluia! Glória a Deus!
A Páscoa existe para nos lembrar desse espetáculo inigualável chamado ressurreição.
Páscoa! Ressurreição do sorriso! Ressurreição da alegria de viver! Ressurreição do amor! Ressurreição da amizade! Ressurreição da vontade de ser feliz! Ressurreição dos sonhos! 
Ressurreição de Jesus Cristo em nossas vidas e ressurreição de uma verdade que está acima dos ovos de chocolate e que por muitas vezes é esquecida: Cristo morreu, mas ressuscitou! E fez isso para nos salvar, para que através do sangue derramado por Ele pudéssemos ter vida!
Que nessa Páscoa possamos recordar essa verdade e matar os nossos piores defeitos e ressuscitar as nossas maiores virtudes sepultadas no íntimo de nossos corações.
Que está seja a verdade da nossa Páscoa!
Que tenha valido a pena, que possamos dizer que já valeu a pena.
Tanta coisa pra dizer, mas volto…
27
fev
2012
0

Eu adoro voar!

Sabe como a gente reconhece as verdadeiras amigas? 
=]
Quando elas te enviam coisas que refletem o seu estado de espírito, mesmo quando você se recusa a atendê-las ao telefone para falar sobre os acontecimentos. 
Recebi esse texto hoje pela manhã de uma amiga, essa amiga se encaixa na frase já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso…
Muita gente vai começar a ler e achar muito longo, mas quem chegar ao final vai entender que as mesmas coisas ditas em momentos diferentes agem diferente, tomam significado diferente, acalentam o coração de maneira diferente.
Quem se identificar em uma linha, ou em todas, vem me contar…
Preciso compartilhar! 
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou!
Já escondi um amor com medo de perdê-lo, já perdi um amor por escondê-lo. 
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo ao ponto de nem sentir minhas mãos. 
Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso. 
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz ao ponto de nem conseguir fechar os olhos. 
Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem. 
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram. 
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim ao ponto de querer sumir. 
Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.
Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.
Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muito a falta de alguém, mas nunca lhe disse.
Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.
Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.
Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.
Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais ao ponto de confundir com a realidade… 
Já tive medo do escuro, hoje no escuro “me acho, me agacho, fico ali”.
Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.
Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.
Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.
Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.
Já chamei pessoas próximas de “amigo” e descobri que não eram… (Isso me acontece muito!)
Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me deem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!
Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão!
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das ideias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer:
- E daí? Eu adoro voar!


Eu adoro voar!


Alessandra, obrigada, amiga!
É exatamente assim que preciso te contar que estou me sentindo: “Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma para sempre!”
Nem quero! Quero viver de possibilidades!
Volto logo, com outro e-mail, de outra amiga, que explica exatamente a fase que estou vivendo.
Até.
Bejo, volto mesmo, chau!
3
fev
2012
0

2012 possibilidades!

2012 possibilidades de ser feliz!
Bom isso!
Sempre amei listas, anotações, metas, objetivos, mas há algum tempo eu não parava para escrevê-los!
Não pensei que iria escrever esse ano até me apaixonar pela ideia da Cela Branco. Lá no Scrapduplo ela propôs um desafio e eu aproveitei para pensar nas possibilidades para ser feliz em 2012!

Caça metas!
E o melhor de tudo é que fiz uma lista com minhas metas, tracei objetivos, fiz anotações e SCRAP!

2012 possibilidades!

São muitas possibilidades para ser feliz e por isso são muitas metas. Metas tangíveis e intangíveis.

Deus é o meu objetivo maior, minha principal meta. Quero que Ele seja O mais importante e permaneça em primeiro lugar em minha vida. Que Ele seja meu universo, o dono do meu tempo e dos meus planos e que de manhã seja o meu primeiro pensamento.

Viajar, porque viajar é bom demais! Viajar para outros lugares e viajar sem sair de casa. Uma viagem imaginativa, viajar com a Penélope em seu sofá voador, viajar com a Helena na internet, viajar nas criações, cores e sabores. E viajar de carro e de avião ou de navio ou de submarino! De preferência para novos lugares e lugares que não são novos, mas que eu amo como Curitiba para encontrar com a Carol Bugay, e para Fernando de Noronha, fazendo escala em Recife e dando um alô para a Cela!

Dentro da meta viajar preciso citar duas viagens que são imprescindíveis e, por isso, viraram uma meta em si.

Conhecer Paris, que já é um sonho antigo e uma meta quase riscada da lista, pois se Deus permitir e aquele moço da agência de turismo enviar o voucher para o meu e-mail, vamos em Março! Presente de Deus e do meu querido marido Carlos! É nossa comemoração de cinco anos de casados! Eu e a Torre Eiffel e o Carlos enfim nos encontraremos!

Levar as meninas para conhecer a neve, porque Deus criou muita coisa linda, mas aquilo é surreal! Quero muito poder levá-las para que elas possam sentir aquela sensação de estar em Nárnia!

Organizar tudo, todo dia e sempre que precisar. Acho que isso é uma meta para todos os anos da vida, mas esse ano algumas coisas  precisam ganhar lugar em nossas vidas e eu preciso reconhecer isso como um objetivo a ser atingido para que realmente tome forma.

Quero muito aprender a fotografar! Fazer um curso de fotografia, melhorar no assunto, pois amo fotos e elas são uma parte essencial do SCRAP!

Cortar e colar são metas que gostaria de realizar todos os dias! Cortar e colar papéis e fazer muito SCRAP com eles! Cortar coisas ruins e colar mais amigos! Cortar as injustiças do mundo e colar muita coisa boa em todos os lugares!

Malhar é figurinha antiga nas listas de todos os anos, mas em 2012 tá rolando até aposta! Até dia 30 de Abril o esforço é redobrado para ganhar outra pulseira fofa do maridão em troca de um corpo sarado! Depois a meta será manter o resultado!

Na mesma vertente, mas por motivos diferentes, quero muito correr em 2012! Risos… Correr de ser corredora! E, para isso, mais um super desafio que une o útil ao agradável. Em Junho partimos rumo a Floripa, que é um lugar ainda não explorado, para nossa primeira Meia Maratona! Atenção para o slogan que me atraiu: “Rápida como Berlin. Fria como Nova York. Plana como Chicago. Bonita como Floripa”. Chique! E que venham as próximas!

Ler muito. Ler sobre tudo. Ler sobre coisas interessantes e inteligentes. Li pouco no ano passado, está me fazendo falta.

Quero voltar a estudar esse ano. Comecei com o francês, em prol da viagem, pois nunca foi meu idioma favorito, mas já está valendo pra começar. Quero fazer outra especialização ou outro curso ou estudar para aprender outras línguas, vale muita coisa, só não quero ficar com a sensação de que deixei de fazer algo que sempre me fez tão bem. Estudar as oportunidades, pois até o final do ano quero ter um negócio – ou dois – pra chamar de meu!

SDT 3! Será? Alguém pode se pronunciar quanto a isso, por favor. Não sei se vai acontecer, mas já estou daqui preparando todas as minhas economias pra quando o anúncio for feito. Falando nisso tenho que mostrar tudo o que criamos naquele fim de semana fantástico. Mentira! Trouxe muita coisa pra terminar em casa, mas foi fantástico mesmo assim! Esse ano a meta é sair de lá com tudo pronto. Ai, ai… A partir de semana que vem quero mostrar todas as páginas do meu álbum! É mesmo eu tenho esse álbum! Risos…

Mudar! Mudar meu corpo, minha mente e me reinventar! Mudar os móveis de lugar, mudar a decoração e sentir que a cada mudança eu aprendi algo e me senti renovada! Comecei mudando o cabelo, mudei o meu cantinho (depois venho mostrar), estou mudando o meu corpo, alguns hábitos e rotinas. Tomara que até o fim do ano muitas mudanças aconteçam, todas para melhor!

Eu quero colorir o mundo! Uma amiga especial me enviou a foto da menina colorindo o sol. Ela disse que a foto se parecia comigo. Amei! Achei um carinho tão especial, me senti lisonjeada e acendeu em mim uma vontade enorme de colorir o mundo! Colorir com tintas e pincéis ou somente com o meu sorriso e uma palavra agradável. Quero me sentir ao vivo e em cores sempre!

Ou colorir assim…

Tocando o som do amor!
Com muitos detalhes coloridos!

O que eu quero é ser feliz! Viver e não ter a vergonha de ser feliz! Com muita história pra contar, muitas risadas contabilizadas, muitos cafés com os amigos, muitos baldes de pipoca com manteiga no cinema, muito brigadeiro com a Helena, muito pula-pula com a Penélope, um montão de beijos com o lindo do Carlos, muitas fotos com o Léo e a Nathy, muita internet com a Susana, muita conversa jogada fora com a mamãe, muito queijo e Doritos com os vizinhos e sem acreditar que quando a gente é feliz tem que esconder das pessoas, pois a inveja existe. Blá, blá, blá para a inveja! Eu fico com a pureza da resposta das crianças.

Viver e não ter a vergonha de ser feliz!

Ser feliz!

É isso!

Essas são as minhas metas. Pensei em fazer um álbum para isso. Vou fazer! A cada objetivo realizado farei uma página como recordação do que foi alcançado!

Cela, amei! Sou sua fã! Tudo lindo! Pronto falei! Ganhei ânimo por ter parado pra pensar e escrever e colorir tudo isso! E ainda vale prêmios! “Coisa mar linda!”

Feliz, feliz!

Volto logo!

30
jan
2012
0

Na sua proteção…

Voltei!
Que felicidade!
É bonita, é bonita e é bonita!
Prometo voltar com um post pra agradecer por todo carinho e afeto recebido, mas por hora quero resumir em MUITO OBRIGADA!
=]
E a terceira página do meu álbum vai para…
Alguém que eu só pude reconhecer o real valor que tem quando fiquei na mesma posição que ela, porque eu até achava ela interessante e tal, mas só depois que me tornei “mamãe” é que entendi o que esse ser sente por um filho ou uma filha.
Mamãe…
Como retribuir um amor tão grande assim que não mede esforços?
Ela e eu!
Cada dia que passa eu vejo, em sua vida, um modelo de dedicação sem fim…
Ela e eu em mosaico!
Na sua entrega eu recebi.
Na sua renúncia eu construí.
Na sua proteção eu me arrisquei.
Na sua proteção…
Eu me arrisquei!
Brinquei, sonhei, fui criança…
E agora, mamãe, quero retribuir.
Elefante, vai ser fofo lá em casa!
Passarinho cantando pra mamãe!
Mamãe, eu não teria chegado aqui.
Mamãe, sem o teu amor por mim…
Perdão pelas vezes em que não reconheci…
Mamãe, quero retribuir.
Na sua proteção eu me arrisquei.
Mamãe, obrigada!
Que Deus me permita ter tempo suficiente para retribuir todo amor que você me deu e dá.
Te amo!

Volto logo!

1 2 3 16